quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Analise do melhor do mundo à nossa Liga


Mourinho deu uma entrevista recentemente à Agência Lusa analisando a Liga Portuguesa, mais propriamente Sporting, Benfica e Porto. Vi a entrevista em questão no Record e decidi partilhar convosco os pensamentos de José Mourinho.

Sobre o Sporting:

"Parte atrás. Agora, o treinador é óptimo, e provou que era óptimo treinando equipas de expressão diferente, as pessoas que estão na estrutura do futebol têm experiência, sabem o que querem, trabalham bem, precisam um bocadinho mais de tempo, eu acho. O Sporting precisa de manter a calma, tem que se equilibrar, tem de confiar nas pessoas, tem que perceber que o caminho não era o caminho do passado, tem que dar tempo.Mas, de um modo muito pragmático e objetivo, acho que o Sporting tem um caminho a percorrer e o FC Porto e o Benfica têm um caminho mais pequeno a percorrer.

Sobre o Benfica:

"O Benfica é uma boa equipa, candidata a ganhar o campeonato e a seguir em frente na Champions em função do grupo em que está inserida. OK, perdeu também alguns, mas mantém alguns jogadores fundamentais, reforçou-se, não parte de zero.

Sobre o Porto:

"O Porto mudou de treinador, mas este treinador fazia parte da equipa técnica passada e não era um treinador-adjunto normal, era mais do que um treinador-adjunto.Portanto, a mesma estrutura diretiva, a mesma estrutura de trabalho, os mesmos jogadores. Perde um grande jogador, mas o FC Porto é o FC Porto, portanto, na minha opinião, também um grande candidato ao título e candidatíssimo a andar para a frente na 'Champions League."

Sobre a nossa Liga:

"Os clubes portugueses fazem uma muito boa selecção principalmente dos jogadores sul-americanos e, apesar de não ter muita credibilidade no estrangeiro, a Liga portuguesa é um campeonato onde principalmente as equipas grandes jogam bem e será sempre um mercado de referência. Há um aspecto que também me parece fundamental, que é: os clubes grandes em Portugal são grandes. E os jogadores, apesar de jogarem a um nível de qualidade eventualmente mais baixo do que nos grandes campeonatos, vivem o dia a dia dos grandes clubes. Por isso, quando chegam aos grandes clubes europeus, "podem sentir um bocadinho a diferença ao nível desportivo, mas não sentem absolutamente nada ao nível da pressão de jogar num grande clube, da responsabilidade de jogar num grande clube, da responsabilidade de jogar para uma massa adepta exigente, da responsabilidade de viver com uma imprensa que é critica, que é exigente"

Ficaram aqui alguns excertos de uma entrevista bastante interessante. Que acharam?

2 comentários:

  1. Melhor do mundo?! LOL!

    ResponderExcluir
  2. Então quem é anónimo? Não é considero pela FIFA o melhor? Ou neste caso a FIFA não presta, só presta para o Messi?

    Sinceramente...

    ResponderExcluir

Podem comentar á vontade e cada um pode expressar a sua opinião, mas avisamos já que não aceitamos comentários a insultar/provocar adeptos de clubes X ou Z, contribuindo para o bom funcionamento da caixa de comentários e para debater opiniões sobre os assuntos dos posts.

Pedimos também aos "anónimos" que assinem o seu nome/nick no final dos seus comentários de modo a facilitar a comunicação entre os leitores e o pessoal do blog.

Obrigado pela compreensão.