segunda-feira, 12 de setembro de 2011

AS Roma 2011/2012 : Luis Enrique, a escolha certa?

Totti e De Rossi : os símbolos "Giallorossi"

Certamente que esta época muitos adeptos e apaixonados do futebol centrarão atenções em Itália, não só para seguir aquele que é um dos melhores campeonatos nem apenas para ver jogadores como Sneijder ou Ibrahimovich a demonstrar a verdadeira essência do bom futebol, mas sim para ver aquela que é uma das novas atracções da Europa do futebol : a AS Roma, de Luis Enrique.

Com os adeptos da equipa romana a verem o campeonato fugir desde 2000/2001, um grupo de investidores americanos(o mesmo que é dono dos Red Sox e que possui acções no Liverpool), chegou-se á frente e comprou o clube romano, com a promessa de investimentos avultados e de títulos, bem como o objectivo de tornar o clube giallorossi o maior de Itália.
O primeiro passo para tentar atingir a glória e cortar com o passado recente seria escolher quem comandaria o novo e ambicioso projecto romano(Ranieri e depois Montella viram descartada a sua continuidade), sendo que a escolha acabou por cair em Luis Enrique, o que acabou por atrair ainda mais o interesse dos adeptos de toda a Europa pois, para quem não sabe, o ex-internacional espanhol treinava o Barcelona B e é um homem 100 % catalão, que respira e segue os princípios e filosofia da actual melhor equipa do mundo.
Encontrado o novo timoneiro, era necessário retocar a equipa e fazer uma espécie de "mini--revolução" ao plantel, injectando-lhe "sangue novo" e ainda mais qualidade. A verdade é que foi um defeso bem agitado para estas bandas e apesar de Luis Enrique ter visto sair dois dos melhores jogadores da actualidade nas suas posições, Vucinic e Mexés, para os rivais Juventus e Milan respectivamente, viu igualmente a direcção oferecer-lhe um leque de opções que qualquer treinador do mundo gostaria de ter ao seu dispor.

Entradas no plantel da AS Roma :

Stekelenburg ---------------------------------------> Guarda-redes ex-Ajax
Simon Kjaer ---------------------------------------> Defesa-central ex-Wolfsburgo
José Angel -----------------------------------------> Lateral-esquerdo ex-Gijón
Gabriel Heinze -------------------------------------> Defesa-central ex-Marselha
Loic Négo -----------------------------------------> Lateral Direito ex-Nantes
Pjanic ----------------------------------------------> Médio Criativo ex-Lyon
Erik Lamela ----------------------------------------> Fantasista ex-River Plate
Fernando Gago -------------------------------------> Trinco ex-Real Madrid
Fábio Borini ----------------------------------------> Avançado ex-Chelsea
Osvaldo --------------------------------------------> Atacante ex-Espanhol
Bojan Krkic ----------------------------------------> Talentoso espanhol ex-Barcelona

Depois disto, o leitor facilmente percebe que a matéria-prima existe e é de grande qualidade! Agora basta a Luis Enrique trabalha-la e molda-la como entender. Os adeptos esperam que a equipa apresente um futebol de qualidade(uma espécie de Tiki-Taka, com um futebol apoiado e ao primeiro toque, isto por causa das origens do seu técnico e das palavras do mesmo na sua apresentação) e resultados, mas a verdade é que não têm sido nada fáceis os primeiros tempos do técnico espanhol em Itália pois como se não bastasse ter sido eliminado de forma precoce da liga Europa por uma equipa eslovena quando deveria ter ganho sem dificuldades, os desentendimentos com Totti, o eterno capitão e ídolo romano e a derrota no jogo de estreia do campeonato diante do Cagliari não caíram bem no seio da exigente torcida dos "giallorossi".
Tais factos só me fazem repensar aquilo que receava, ou seja, o estilo de Luis Enrique e a sua filosofia e estilo de jogo em nada encaixam no sempre duro futebol italiano, e numa altura em que tinha bastantes convites em carteira devido ás suas origens, terá sido a AS Roma o destino certo? A estas perguntas o tempo responderá mas até lá, eu e todos os espectadores que amam o desporto-rei irão semana sim, semana sim, meter os olhos no Estádio Olímpico, á procura de retirarem as suas próprias conclusões...

Qual a opinião do leitor sobre a AS Roma? Acredita que a equipa romana pode ser candidata ao titulo e ombrear com Juventus, Inter e Milan pelo "Scudetto"? E Luis Enrique, escolheu bem o seu destino? Acha que o espanhol terá sucesso em terras transalpinas? Que balanço faz das contratações feitas pelos "giallorossi"' Qual o sistema e o 11 que o leitor utilizaria tendo em base o duro futebol italiano?

3 comentários:

  1. Boa tarde,
    A resposta que estou tentado a dar, é não. Luis Enrique não é o homem certo para a Roma. Só treinou o Barcelona B, não tem conhecimento do Calcio e rodeou-se de alguns reforços que também se estreiam numa liga com muitas particularidades.
    Por outro lado, Luis Enrique sempre foi um jogador inteligente e ser treinador do Barça B traz mais responsabilidade do que orientar muitos clubes A.
    Ou seja, a resposta é: esperemos.

    ResponderExcluir
  2. Fábio Capello seria excelente para a AS Roma

    ResponderExcluir
  3. Dragão azul e branco12 de setembro de 2011 22:00

    Grande post, dos melhores que vi por aqui!

    A meu ver, Luis Enrique é um excelente técnico, fiel á sua filosofia e tenho a certeza que vingará na Roma se lhe derem tempo! Não é ele chegar e exigirem logo resultados!

    Estou confiante que com este plantel e a médio prazo, a equipa romana alcance o topo do futebol italiano.

    Gostava de ver um onze constituido por:

    Stekelenburg
    Nego
    Juan
    Kjaer
    Angel
    De Rossi
    Pjanic
    Lamela
    Totti
    Bojan
    Osvaldo

    Continuem o excelente trabalho :D

    ResponderExcluir

Podem comentar á vontade e cada um pode expressar a sua opinião, mas avisamos já que não aceitamos comentários a insultar/provocar adeptos de clubes X ou Z, contribuindo para o bom funcionamento da caixa de comentários e para debater opiniões sobre os assuntos dos posts.

Pedimos também aos "anónimos" que assinem o seu nome/nick no final dos seus comentários de modo a facilitar a comunicação entre os leitores e o pessoal do blog.

Obrigado pela compreensão.